terça-feira, 20 de agosto de 2013

Água em pó' pode tornar a seca um problema do passado

Produto patenteado por mexicano promete armazenar a água e liberá-la aos poucos para regar plantações.

BBC Brasil
"Foto: Solid Rain"
Enquanto a ONU afirma que a maior parte da água usada no planeta vai para a irrigação, pesquisadores estão desenvolvendo uma série de ideias para fazer render mais a água utilizada na agricultura.

Nas últimas semanas, muitos se empolgaram com um produto que afirmam ter potencial para superar o desafio global de se cultivar em condições áridas.

Denominado 'Chuva Sólida', ele é um pó capaz de absorver enormes quantidades de água e ir liberando o líquido aos poucos, para que as plantas possam sobreviver em meio a uma seca.
Um litro de água pode ser absorvido por apenas 10 gramas do material, que é um tipo de polímero absorvente orginalmente criado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês).

Nos anos 1970, o USDA desenvolveu um produto superabsorvente feito de um tipo de goma. Ele foi usado principalmente na fabricação de fraldas.
Potencial

Mas um engenheiro químico mexicano chamado Sérgio Jesus Rico Velasco via no produto um potencial que ia além de deixar bebês sequinhos.
Ele então desenvolveu e patenteou uma versão diferente da fórmula, que pode ser misturada com o solo para reter a água.

O engenheiro vem vendendo a 'Chuva Sólida' no México há cerca de 10 anos. Sua empresa afirma que o governo mexicano testou o produto e concluiu que a colheita poderia ser ampliada em 300% quando ele era misturado ao solo.

Segundo Edwin González, vice-presidente da empresa Chuva Sólida, o produto agora vem atraindo um interesse cada vez maior, já que crescem os temores por falta de água.
'Ele funciona encapsulando água e pode durar 8 a 10 anos no solo, dependendo da qualidade da água. Se você usar água pura, ele dura mais.'

A empresa recomenda usar cerca de 50 quilos do produto por hectare (10 mil metros quadrados), mas essa quantia custa cerca de US$ 1.500 (o equivalente a R$ 3.500).
Segundo Gonzalez, a 'Chuva Sólida' é natural e não prejudica o solo, mesmo após ser usada por vários anos. Ele afirma que o produto não é tóxico e que, ao se desintegrar, o pó se torna parte das plantas.

'Sem evidências'
No entanto, nem todos estão convencidos de que a 'Chuva Sólida' é uma solução válida para o problema da seca.
A professora Linda Chalker-Scott, da Universidade do Estado de Washington, afirma que esses produtos não são novidade. 'E não há evidência científica que sugira que eles armazem água por um ano.', disse ela à BBC.

'Outro problema prático é que esse gel pode também causar problemas. Isso porque à medida que eles secam, ele vai sugando a água ao redor dele mais vigoorosamente. E assim ele desvia a água que iria para a raiz das plantas.'
Segundo ela, usar adubo de lascas de madeira produz o mesmo efeito e é significantemente mais barato.

González, no entanto, tem uma opinião diferente: 'Os outros concorrentes não duram três ou quatro anos. Os únicos que duram tanto são os que usam sódio em suas formulas, mas eles não absorvem tanto.'
Apesar do fato de que a ciência ainda não estar totalmente confiante nos benefícios de produtos como esse, González afirma que sua empresa recebeu milhares de pedidos vindos de locais áridos, inluindo Índia e Austrália. Ele também recebeu encomendas da Grã-Bretanha, onde secas não chegam a ser um problema.
BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.
FONTE: http://t.noticias.br.msn.com/mundo/%c3%a1gua-em-p%c3%b3-pode-tornar-a-seca-um-problema-do-passado-1

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Mais de 140 concursos têm 25,5 mil vagas

Pelo menos 149 concursos públicos em todo o país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (19) e reúnem 25.493 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 24.057 no Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul.
Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva, ou seja, os aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.
Os órgãos que abrem inscrições nesta segunda-feira para 2.693 vagas são os seguintes: Autarquia Hospitalar Municipal de São Paulo, Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia, Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região dos Grandes Lagos, Marinha, Prefeitura de Canaã (MG), Prefeitura de Carmo da Cachoeira (MG), Prefeitura de Claro dos Poções (MG), Prefeitura de Indaial (SC), Prefeitura de Mongaguá (SP), Prefeitura de Olinda (PE), Prefeitura de São José de Princesa (PB), Prefeitura de Simões Filho (BA), Prefeitura de Vila Pavão (ES), Prefeitura de Vitória da Conquista (BA), Secretaria de Saúde de Santa Catarina, Tribunal de Contas da União (TCU) e Universidade Federal do ABC.
Instituição/ÓrgãoPrazoVagasSalário máximoEscolaridadeLocal de trabalhoEdital
Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul22/08/1375R$ 1.391todos os níveisMato Grosso do Sulveja edital
Autarquia Hospitalar Municipal de São Paulo22/08/13164R$ 2.089,87nível superiorSão Pauloveja edital
Banco Central22/08/1315R$ 15.719,13nível superior em direitoBrasília e Belémveja edital
Boa Vista Energia12/09/13365R$ 5.815,23nível médio e superiorBrasília e Boa Vistaveja edital
Brigada Militar do Rio Grande do Sul30/08/13500não informadonível fundamentalRio Grande do Sulveja edital
Câmara Municipal de Americana (SP)06/09/134 e cadastroR$ 2.172,36nível fundamental e médioAmericana (SP)veja edital
Câmara Municipal de Araçoiaba da Serra (SP)20/08/133R$ 4.114nível fundamental e superiorAraçoiaba da Serra (SP)veja edital
Câmara Municipal de Araucária (PR)
 
21/08/1344R$ 2.790,01todos os níveisAraucária (PR)veja edital
Câmara Municipal de Biguaçu (SC)06/09/1329R$ 2.690todos os níveisBiguaçu (SC)veja edital
Câmara Municipal de Itapecerica da Serra (SP)06/09/1314R$ 1.524,72nível fundamentalItapecerica da Serra (SP)veja edital
Câmara Municipal de Itaquiraí (MS)20/08/1313R$ 1.300nível fundamental e médioItaquiraí (MS)veja edital
Câmara Municipal de Novo Horizonte do Oeste (RO)19/08/137R$ 2.500todos os níveisNovo Horizonte do Oeste (RO)veja edital
Câmara Municipal de Ponta Porã (MS)29/08/1332R$ 3.092,98todos os níveisPonta Porã (MS)veja edital
Companhia Carris Porto-alegrense20/08/1350R$ 5.334,32nível fundamental, médio/técnico e superiorPorto Alegreveja edital
Companhia de Desenvolvimento de Arapongas (PR)01/09/13105R$ 2.100nível fundamental e médioArapongas (PR)veja edital
Companhia de Desenvolvimento de Guaratinguetá (SP)25/08/1318R$ 678todos os níveisGuaratinguetá (SP)veja edital
Companhia de Desenvolvimento Santacruzense19/08/13151R$ 2.526,60nível fundamental e médioSanta Cruz do Rio Pardo (SP)veja edital
Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia12/09/13340R$ 4.590nível médio e superiorBahiaveja edital
Companhia Energética do Piauí14/10/1392R$ 5.763,00todos os níveisPiauíveja edital
Companha Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica do Rio Grande do Sul26/08/1336R$ 3.607,59nível médio/técnico e superiorRio Grande do Sulveja edital
Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará30/08/1330R$ 3.171,06nível superiorFortaleza, Cratéus, Crato, Iguatu, Limoeiro, Quixeramobim, Pentecoste e Sobralveja edital
Companhia Hidromineral de Piratuba (SC)20/08/135R$ 1.023,50nível fundamental e médioPiratuba (SC)veja edital
Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp)27/09/13125R$ 6.469,23nível médio/ técnico e superiorSão Pauloveja edital
Companhia Riograndense de Mineração30/08/1385R$ 3.661,59todos os níveisRio Grande do Sulveja edital
Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Alagoas01/09/134R$ 1.400nível médioAlagoasveja edital
Conselho Regional de Educação Física da 12ª Região, em Pernambuco e Alagoas29/08/136 e cadastroR$ 2.520nível médio e superiorRecife e Maceióveja edital
Conselho Regional de Farmácia do Paraná31/08/1351R$ 1.269,32nível médioCuritiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Ponta Grossaveja edital
Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina06/09/134 e cadastroR$ 5.283,30nível médio e superiorFlorianópolis, Concórdia e Tubarãoveja edital
Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo29/08/1310 e cadastroR$ 1.701,66nível médio e técnicoSão Paulo, Araçatuba, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubatéveja edital
Conselho Regional de Odontologia de Goiás29/08/13 e 05/09/1316 e cadastroR$ 4.500todos os níveisGoiânia, Luziânia, Itumbiara, Ceres/Rialma, Porangatu e Catalãoveja edital
Consórcio Intermunicipal Cemmil20/08/1370R$ 1.300nível fundamentalMogi Guaçu, Mogi Mirim e Itapira (SP)veja edital
Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região dos Grandes Lagos27/08/1341R$ 2.186,53todos os níveisSanta Fé do Sul (SP)veja edital
Corpo de Bombeiros de Tocantins31/08/13100R$ 3.228,28nível médioTocantinsveja edital
Defensoria Pública de São Paulo23/08/1390R$ 11.235nível superior em direitoSão Pauloveja edital
Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto (SP)05/09/13110R$ 2.752,68todos os níveisRibeirão Preto (SP)veja edital
Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (SP)27/08/1349R$ 5.671,29todos os níveisValinhos (SP)veja edital
Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás)13/09/13183R$ 4.854,44nível médio, técnico e superiorBrasília, Recife e Goiana (PE)veja edital
Empresa de Trens Urbanos de Porto
Alegre S/A (Trensurb)
02/09/1374R$ 3.854,94nível superiorPorto Alegreveja edital
Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais02/09/1346R$ 3.963,91nível médio, técnico e superiorMinas Geraisveja edital
Exército (1)02/09/1397não informadonível médioRio de Janeiroveja edital
Exército (2)22/08/135R$ 8.422,77nível superiorRio de Janeiroveja edital
Exército (3)29/08/1318R$ 8.143,18nível superiorRio de Janeiroveja edital
Exército (4)26/08/1342não informadonível superiorMinas Geraisveja edital
Exército (5)12/09/13420não informadonível fundamentalRio de Janeiro, Porto Alegre, Fortaleza, Manaus, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Curitiba, Juiz de Fora, Campo Grande e Santa Mariaveja edital
Fundação do ABC20/08/133.036R$ 15.172,86nível médio/técnico e superiorMauá (SP)veja edital
Fundação Casa de Rui Barbosa22/08/1348R$ 3.706,93nível médio, técnico e superiorRio de Janeiroveja edital
Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia23/08/13113R$ 2.782,00nível técnico e superiorBahiaveja edital
Fundação de Saúde de Rio Claro (SP)06/09/13169R$ 12.675,69todos os níveisRio Claro (SP)veja edital
Fundação Universidade Regional de Blumenau03/09/1332R$ 1.858,32nível médioBlumenau (SC)veja edital
Fundação Universidade de Brasília (FUB)26/08/13257R$ 3.138,70todos os níveisBrasíliaveja edital
Hospital Universitário Oswaldo Cruz03/09/13265R$ 4.590nível médio/técnico e superiorPernambucoveja edital
Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo30/08/1324R$ 3.389nível médio e superiorSão Pauloveja edital
Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)13/09/13300R$ 7.147,12nível superiortodo o paísveja edital
Junta Comercial do Estado do Ceará15/09/1360R$ 2.400nível médio e superiorFortalezaveja edital
Junta Comercial de Santa Catarina22/08/1334R$ 5.042,05nível médio e superiorBlumenau, Chapecó, Criciúma, Itajaí, Rio do Sul, Tubarão, São Bento do Sul, São Miguel do Oeste e Florianópolisveja edital
Marinha (1)12/09/1398R$ 7,3 milnível superiorRio de Janeiroveja edital
Marinha (2)19/09/1353não informadonível médioRio de Janeiroveja edital
Ministério Público da União (MPU)25/08/13263R$ 7.506,54nível médio e superiortodo o paísveja edital
Polícia Civil do Distrito Federal26/08/1398R$ 7.890,05nível superiorDistrito Federalveja edital
Polícia Militar do Espírito Santo19/08/132.123R$ 2.631,97nível médioEspírito Santoveja edital
Polícia Militar de Roraima30/08/1325R$ 5.001,20nível superiorRoraimaveja edital
Prefeitura de Barbosa (SP)21/08/1324R$ 7.000todos os níveisBarbosa (SP)veja edital
Prefeitura de Barro (CE)19/08/13165R$ 2.000todos os níveisBarro (CE)veja edital
Prefeitura de Bauru (SP)02/09/1310R$ 3.786,34nível superior em medicinaBauru (SP)veja edital
Prefeitura de Bilac (SP)05/09/1317R$ 8.200nível fundamental e superiorBilac (SP)veja edital
Prefeitura de Boituva (SP)25/08/13218R$ 1.660,88nível fundamental e médioBoituva (SP)veja edital
Prefeitura de Breves (PA)16/09/13408R$ 1.305,90todos os níveisBreves (PA)veja edital
Prefeitura de Brumadinho (MG)03/09/13261R$ 2.714todos os níveisBrumadinho (MG)veja edital
Prefeitura de Cajari (MA)25/08/13195R$ 991,13todos os níveisCajari (MA)veja edital
Prefeitura de Canaã (MG)23/08/1319R$ 750nível médioCanaã (MG)veja edital
Prefeitura de Carmo da Cachoeira (MG)19/09/1350R$ 1.170todos os níveisCarmo da Cachoeira (MG)veja edital
Prefeitura de Ceres (GO)29/08/1330R$ 800nível médioCeres (CE)veja edital
Prefeitura de Claro dos Poções (MG)26/08/1320R$ 719nível médioClaro dos Poções (MG)veja edital
Prefeitura de Contagem (MG)30/08/1353R$ 711,90nível fundamentalContagem (MG)veja edital
Prefeitura de Curuá (PA)02/09/13392R$ 6.000todos os níveisCuruá (PA)veja edital
Prefeitura de Dois Vizinhos (PR)21/08/13108R$ 5.787,44nível superiorDois Vizinhos (PR)veja edital
Prefeitura de Estiva Gerbi (SP)01/09/1322R$ 7.304,68todos os níveisEstiva Gerbi (SP)veja edital
Prefeitura de Ferreira Gomes (AP)06/09/13310R$ 1.965,02todos os níveisFerreira Gomes (AP)veja edital
Prefeitura de Franca (SP)22/08/13cadastro de reservaR$ 3.411,76todos os níveisFranca (SP)veja edital
Prefeitura de Glória de Dourados (MS)06/09/1345R$ 5.250todos os níveisGlória de Dourados (MS)veja edital
Prefeitura de Gramado (RS)27/08/1363R$ 3.671,12todos os níveisGramado (RS)veja edital
Prefeitura de Guararema (SP)15/09/1312 e cadastroR$ 6.568,92todos os níveisGuararema (SP)veja edital
Prefeitura de Icapuí (CE)22/08/13321R$ 5.500todos os níveisIcapuí (CE)veja edital
Prefeitura de Ibirama (SC)09/09/1377R$ 10.575,25todos os níveisIbirama (SC)veja edital
Prefeitura de Indaial (SC)20/09/13164R$ 9.810,32todos os níveisIndaial (SC)veja edital
Prefeitura de Ipirá (BA)27/08/13111R$ 2.800todos os níveisIpirá (BA)veja edital
Prefeitura e Câmara de Iporã (PR)19/08/1332R$ 5.513,80todos os níveisIporã (PR)veja edital
Prefeitura e Câmara de Iracema do Oeste (PR)05/09/1384R$ 1.831,08todos os níveisIracema do Oeste (PR)veja edital
Prefeitura de Itapajé (CE)30/09/131.980R$ 15.600todos os níveisItapajé (CE)veja edital
Prefeitura de Japonvar (MG)23/08/1365R$ 6.000todos os níveisJaponvar (MG)veja edital
Prefeitura de Jaraguá do Sul (SC)06/09/13173R$ 8.782,62todos os níveisJaraguá do Sul (SC)veja edital
Prefeitura de Jerumenha (PI)08/09/13163R$ 1.500todos os níveisJerumenha (PI)veja edital
Prefeitura de Jundiaí (SP)08/09/1329R$ 2.255,14nível fundamental e médioJundiaí (SP)veja edital
Prefeitura de Jussiape (BA)20/08/13186R$ 7.000todos os níveisJussiape (BA)veja edital
Prefeitura de Lagoa dos Gatos (PE)12/09/13165R$ 6.000todos os níveisLagoa dos Gatos (PE)veja edital
Prefeitura de Luziânia (GO)30/08/13800R$ 1.778,31nível médio e superiorLuziânia (GO)veja edital
Prefeitura de Mallet (PR)29/08/1343R$ 11.207,86todos os níveisMallet (PR)veja edital
Prefeitura de Manduri (SP)23/08/1331R$ 1.909todos os níveisManduri (SP)veja edital
Prefeitura de Mongaguá (SP)21/08/1325R$ 1.621nível médio e superiorMongaguá (SP)veja edital
Prefeitura de Olinda (PE)20/08/1343R$ 2.736nível médio e superiorOlinda (PE)veja edital
Prefeitura de Parnaíba (PI)02/09/1356R$ 2.169nível fundamental e médioParnaíba (PI)veja edital
Prefeitura de Perdizes (MG)21/08/1333R$ 950nível fundamentalPerdizes (MG)veja edital
Prefeitura de Pérola (PR)29/08/1348R$ 10.000todos os níveisPérola (PR)veja edital
Prefeitura de Porto (PI)28/08/13142R$ 4.950todos os níveisPorto (PI)veja edital
Prefeitura de Realeza (PR)29/08/13162R$ 6.042,90todos os níveisRealeza (PR)veja edital
Prefeitura de Reginópolis (SP)29/08/1350R$ 3.313,93todos os níveisReginópolis (SP)veja edital
Prefeitura de Renascença (PR)22/08/1338R$ 8.455,93todos os níveisRenascença (PR)veja edital
Prefeitura de Riachinho (MG)30/08/13167R$ 4.950todos os níveisRiachinho (MG)veja edital
Prefeitura do Rio de Janeiro22/08/1350R$ 5.527,65nível superiorRio de Janeiroveja edital
Prefeitura de Salinas (MG)28/08/13188R$ 10.000todos os níveisSalinas (MG)veja edital
Prefeitura de Santa Maria do Oeste (PR)29/08/1317R$ 10.377todos os níveisSanta Maria do Oeste (PR)veja edital
Prefeitura de Santana de Mangueira (PB)29/08/13199R$ 4.500todos os níveisSantana de Mangueira (PB)veja edital
Prefeitura de Santana de Parnaíba (SP)21/08/13243 e cadastroR$ 6.996,17todos os níveisSantana de Parnaíba (SP)veja edital
Prefeitura de São Bernardo do Campo (SP)20/08/1343R$ 2.400todos os níveisSão Bernardo do Campo (SP)veja edital
Prefeitura de São Domingos (SC)03/09/1341 e cadastroR$ 11.391,10todos os níveisSão Domingos (SC)veja edital
Prefeitura de São Francisco do Conde (BA)22/08/13143R$ 12 milnível médio/técnico e superiorFrancisco do Conde (BA)veja edital
Prefeitura de São Joaquim (SC)19/08/1354R$ 12 miltodos os níveisSão Joaquim (SC)veja edital
Prefeitura de São José de Princesa (PB)19/09/1335R$ 4.600nível médio e superiorSão José de Princesa (PB)veja edital
Prefeitura de Sarandi (PR)29/08/13109R$ 7.676,99todos os níveisSarandi (PR)veja edital
Prefeitura de Serra Negra do Norte (RN)22/08/139R$ 8.550todos os níveisSerra Negra do Norte (RN)veja edital
Prefeitura de Simões Filho (BA)23/08/13246R$ 8.000todos os níveisSimões Filho (BA)veja edital
Prefeitura de Taquaral (SP)30/08/1340R$ 2.349,35todos os níveisTaquaral (SP)veja edital
Prefeitura de Tenente Ananias (RN)29/08/1397R$ 1.200todos os níveisTenente Ananias (RN)veja edital
Prefeitura de Teodoro Sampaio (SP)25/08/1340R$ 8.436,06todos os níveisTeodoro Sampaio (SP)veja edital
Prefeitura de Tesouro (MT)30/08/1388R$ 5,5 miltodos os níveisTesouro (MT)veja edital
Prefeitura de Trombudo Central (SC)21/08/132R$ 11.334,52nível superiorTrombudo Central (SC)veja edital
Prefeitura de Uberaba (MG)30/08/13430R$
1.639,98
nível médio e superiorUberaba (MG)veja edital
Prefeitura de Vila Pavão (ES)21/08/134R$ 680nível médioVila Pavão (ES)veja edital
Prefeitura de Vitória da Conquista (BA)13/09/131.148R$ 3.626,16todos os níveisVitória da Conquista (BA)veja edital
Prefeitura de Xaxim (SC)13/09/1334R$ 12.355,09todos os níveisXaxim (SC)veja edital
Pronto-Socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco08/09/1380R$ 1.837nível médio/técnico e superiorPernambucoveja edital
Secretaria de Estado da Administração do Estado de Santa Catarina09/09/1344R$ 2.592nível médio e superiorAraranguá, Blumenau, Brusque, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Florianópolis, Ibirama, Itajaí, Ituporanga, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Xanxerêveja edital
Secretaria da Educação da Bahia26/08/132.665R$ 1.152,33nível superiorBahiaveja edital
Secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo26/08/1316R$ 9.645,26nível superiorEspírito Santoveja edital
Secretaria da Fazenda do Pará28/08/13200R$ 5.772,64nível superiorParáveja edital
Secretaria de Planejamento e Gestão do Rio de Janeiro01/09/1380R$ 5.082nível superiorRio de Janeiroveja edital
Secretaria da Saúde do Acre21/08/13135R$ 678nível fundamentalAcreveja edital
Secretaria da Saúde de Santa Catarina30/08/1357R$ 7.074,23nível superiorSanta Catarinaveja edital
Secretaria de Trabalho e Assistência Social do Mato Grosso27/08/13100R$ 2.038,51nível médioMato Grossoveja edital
Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sobral (CE)26/08/1380R$ 3.269,94todos os níveisSobral (CE)veja edital
Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul30/08/133R$ 24.057,00nível superiorMato Grosso do Sulveja edital
Tribunal de Contas da União (TCU)03/09/1329R$ 12.076,90nível superiorBrasília, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará e Rondôniaveja edital
Tribunal de Justiça do Espírito Santo29/08/13171remuneração de acordo com os serviços prestadosnível superior em direitoEspírito Santoveja edital
Universidade Estadual de Maringá (PR)
FONTE: www.ac24horas.com
30/08/1313R$ 4.039,80nível superiorMa

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Definidas regras para aquisição de imóveis pelo Minha Casa, Minha Vida para cidades pequenas

As diretrizes gerais e regras do Programa Minha Casa, Minha Vida para aquisição de imóveis por famílias com renda mensal até R$ 1,6 mil em municípios com população inferior a 50 mil habitantes foram publicadas hoje (13) no Diário Oficial da União.
 
O empreendimento deverá estar inserido na malha urbana ou em zonas de expansão urbana que tenham via pública de acesso, infraestrutura urbana básica com pavimentação, drenagem pluvial, calçadas, guias e sarjetas, rede de energia elétrica e iluminação pública, rede para abastecimento de água potável e soluções para esgotamento sanitário e coleta de lixo.
 
Pelo menos 3% das unidades habitacionais serão reservadas para idosos. As residências que tiverem pessoas com deficiência deverão ser adaptadas e as destinadas a famílias com crianças em idade escolar deverão ter, em seu entorno, escolas de educação infantil e fundamental.
 
Municípios com população inferior a 20 mil habitantes poderão contratar até 30 unidades habitacionais; e os com população entre 20 mil e 50 mil poderão contratar até 60 unidades.
O valor máximo de cada habitação será R$ 35 mil. Os recursos destinados a este fim vem do Fundo de Arrendamento Residencial, no âmbito do Programa Nacional de Habitação Urbana, e será disponibilizado por meio de instituições financeiras oficiais federais.
 
De acordo com a portaria assinada pelo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, entre as diretrizes do programa estão a criação de novos postos de trabalho diretos e indiretos, além da execução de ações inclusivas para de fortalecer a autonomia das famílias e sua inclusão produtiva.
 
Caberá ao Ministério das Cidades estabelecer regras e condições para implantação dos empreendimentos, definir a tipologia e o padrão das moradias e da infraestrutura urbana, além de estabelecer os critérios de elegibilidade e seleção dos beneficiários e avaliar o desempenho do programa. A seleção dos beneficiários fica a cargo de estados, municípios ou dos órgãos de administração que aderirem ao programa.
 
Para participar do programa, as empresas do setor de construção civil deverão apresentar, até 31 de dezembro, às instituições financeiras oficiais federais, os projetos de produção de empreendimentos

FONTE: www.ac24horas.com

Sisutec encerra inscrições; primeira chamada será divulgada na quarta

Prazo para participar da seleção terminou às 23h59 desta segunda.
Neste semestre, são oferecidas 239 mil vagas em 117 cursos técnicos.

 

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) vai divulgar a primeira chamada de aprovados nesta quarta-feira (14). As inscrições para a primeira edição do processo seletivo de cursos técnicos foram encerradas na noite de segunda-feira (12).

De acordo com balanço parcial divulgado pelo Ministério da Educação, até as 18h – seis horas antes do fim do prazo – o Sisutec registrava 345.352 candidatos e 663.510 inscrições — cada estudante podia fazer duas opções de curso.

Os candidatos vão concorrer a 239.792 vagas gratuitas oferecidas pelo governo em cursos técnicos em diversas áreas. Cada candidato pode fazer duas opções de cursos.
As vagas são para 117 cursos técnicos com entre 800 e 1.200 horas de duração oferecidos por 586 instituições.
Para a seleção, o MEC usará a nota do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. O resultado da primeira das duas chamadas será divulgado no próximo dia 14 de agosto. A matrícula deve ser feita nos dias 15 e 16. O resultado da segunda convocação está previsto para o dia 19, com matrícula no dia 20. O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para o ensino superior.


Perfil parcial de candidatos
Segundo dados parciais levantados pelo MEC, a maioria das pessoas que se inscreveu até a tarde de quinta-feira no Sisutec são mulheres (56,36%). Além disso, apesar de a Região Sudeste ser a que mais tem vagas na primeira edição do sistema, é a Região Nordeste que tinha a maior quantidade de inscritos.

Os dez cursos mais procurados pelos estudantes eram os de técnico em segurança do trabalho, informática, enfermagem, logística, radiologia, edificações, redes de computadores, análises clínicas, eletrotécnica e meio ambiente.

Os cursos de técnico em segurança do trabalho receberam, até a noite desta quinta, 51.724 inscrições para as 13.371 vagas ofertadas, o que representa uma concorrência de 3,87 candidatos por vaga.
Os cursos de técnico em informática, que estão em segundo na lista de mais procurados, são os que mais oferecem vagas nesta edição do Sisutec: 23.292. Até o último balanço do ministério, 39.319 candidatos haviam manifestado interesse em concorrer às vagas, uma relação de 1,69 pessoas por vaga.
 
CRONOGRAMA DO SISUTEC 2013
Início das inscrições: 06/08
Fim das inscrições: 12/08 (às 23h59)
Primeira chamada: 14/08
Matrícula (1ª chamada): 15 e 16/08
Segunda chamada: 19/08
Matrícula (2ª chamada): 20/08
Fonte: MEC
 
Cotas raciais e sociais
A seleção para cursos técnicos adotará cotas de acordo com raça, renda familiar e rede frequentada no ensino médio. De acordo com o MEC, 85% de todas as vagas oferecidas na próxima edição do Sisutec serão reservadas para estudantes que cursaram o ensino médio em escola pública ou na rede particular com bolsa integral.

Além disso, 50% de todas as vagas oferecidas nas instituições federais de ensino também serão reservadas. Nesse caso, poderão concorrer a essa cota os estudantes com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio que estudaram na rede pública ou foram bolsistas integrais na rede particular.

As cotas raciais do Sisutec estão atreladas à rede de ensino onde o candidato terminou o ensino médio, segundo o edital. Nas instituições federais, nas vagas destinadas a negros, pardos e indígenas, será reservado um percentual correspondente à porcentagem da população preta, parda e indígena no Unidade Federativa do município onde a vaga é oferecida, segundo o Censo mais recente. Por exemplo, em um município onde há 100 pessoas, e cinco são negras, pardas ou indígenas, caso haja 20 vagas para um determinado curso, quatro delas serão destinadas às cotas.

Haverá dois tipos de cotas raciais: uma é específica para estudantes que fizeram o ensino médio na rede pública, ou como bolsista integral na rede particular, desde que tenham renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. A outra exige que os estudantes interessados na cota racial tenham cursado a rede pública ou tenham tido bolsa integral na rede privada, mas não atrela a participação à renda familiar.

As demais vagas que não se encaixarem nas quatro categorias de cotas serão de ampla concorrência.
FONTE: g1.globo.com

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

JORDÃO: Governo incentiva a produção de mel nas aldeias do município

O Governo do Estado do Acre em parceria com a Prefeitura de Jordão está levando para as Aldeias do município uma nova alternativa de renda para as famílias Kaxinawá através da apicultura. 
O projeto já existe em vários municípios do Acre e do Brasil chegando agora ao Jordão e iniciando pelas as aldeias e reserva extrativista, onde tem como objetivo principal incentivar o empreendedorismo rural em nossa cidade, melhorando assim a renda familiar dos cidadãos contemplado até o momento. Um litro de mel chega ate a R$  180,00 (cento e oitenta reais).
Nesta semana está acontecendo uma formação aos indígenas na aldeia Centro Memorial, onde aprenderão a cultivar, produzir e manusear as abelhas em sua comunidade. 
Sábado dia 3, a representante da Secretaria Antônia Regina, esteve na aldeia conversando com os indígenas inscritos e repassando algumas informações a respeito do curso, dia 7, um técnico da secretaria de pequenos negócios veio de Rio Branco para fazer a entrega do material (colmeias).
Terça-feira, dia 13, há a possibilidade da vinda do governador Tião Viana para o encerramento do curso. Segundo a Regina após o curso na área indígena haverá também com os produtores inscritos das comunidades de Alagoas, Manaus, boa Vista, Duas Nações entre outras.
O intuito é fazer com que esses produtores possam futuramente está disponibilizando mel para a merenda escolar em todo o estado. Esse tem sido o objetivo do governo acreano.
Esperamos e torcemos para que tudo der certo e não seja apenas dinheiro gasto e conversa fiada. Pra falar a verdade, não estou com muita fé disso dar resultados nas aldeias.
 
 
 

Dilma tem 35% e Marina tem 26% das intenções de voto

A ascensão de Marina Silva na pesquisa Datafolha de intenção de voto foi comemorada de forma discreta pela Rede Sustentabilidade, partido que ela tenta montar.

A pesquisa divulgada neste sábado (10) mostrou que Marina está com 26% das intenções de voto na corrida presidencial, contra 23% verificados no levantamento anterior, feito no final de junho.
Para o coordenador executivo da entidade, Bazileu Margarido, os números mostram que Marina está “no caminho correto”.

“Mesmo depois das eleições [presidenciais de 2010], ela não ocupou nenhum cargo público de expressão, não teve visibilidade maior na sociedade. Depois de mais de dois anos, a sociedade ainda reconhece que as propostas colocadas por ela tiveram reverberação. É algo muito positivo”, disse.

Ele ponderou, contudo, que ainda há muitos desafios, entre eles, a própria criação formal do partido.
“A pesquisa eleitoral é um referencial importante, que deve ser considerado, mas nesse momento não estamos querendo antecipar qualquer consideração sobre uma eventual candidatura. Temos muitos desafios pela frente não só com relação à legislação eleitoral, que temos um caminho a percorrer, mas principalmente na mensagem que queremos levar para a sociedade”, afirmou.

O Datafolha testou sete cenários para a corrida eleitoral. Entre eles, o que é considerado hoje o mais provável inclui a presidente Dilma Rousseff, o senador mineiro Aécio Neves (PSDB), o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) e Marina.

Nesse caso, Dilma tem 35% contra 30% das intenções de voto verificadas no levantamento anterior. Aécio oscilou de 17% para 13%. Campos variou de 7% para 8% e Marina, de 23% para 26%. Brancos, nulos, nenhum ou indecisos somam 18%. Nessa simulação, Dilma enfrentaria Marina Silva no segundo turno.

Tucanos tentaram minimizar a queda na intenção de votos em Aécio. Para o presidente do PSDB em Minas Gerais, o deputado federal Marcus Pestana, a variação é “absolutamente irrelevante neste momento”, já que o senador não está preocupado em fazer campanha, mas em fortalecer a estrutura do partido e conversar com potenciais aliados.

Ele ponderou que Marina Silva já disputou uma eleição nacional, o que facilita seu reconhecimento pelo eleitor, ao contrário de Aécio Neves e Eduardo Campos. “Você não manifesta intenção de voto em quem você não conhece”, disse.

Pestana atacou a precipitação do processo eleitoral, que, segundo ele, foi patrocinada pelo PT, pela presidente Dilma Rousseff e pelo ex-presidente Lula de forma “inusitada e atabalhoada”.
“A grosso modo, 25% dos eleitores escolhem o candidato apenas nos últimos 15 dias anteriores à eleição. Outros 50% somente no último mês. As pessoas estão cuidando da vida, tentando melhorar no emprego, cuidando dos filhos. Qualquer análise agora é precoce. A eleição só começará quando entrar a campanha na televisão e os debates”, afirmou.

Segundo ele, o que chama atenção é a posição de Dilma nas pesquisas, diante de sua grande exposição midiática.
“Dilma está no poder, ela espirra e é notícia. Ela usa 14 redes de rádio e frequenta o jornalismo diário de TV. É muito grave uma presidente que está todo dia em rede nacional ter esse placar eleitoral”, afirmou.
FONTE: www.ac24horas.com

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Sem-terra ameaçam invadir prefeitura de Tarauacá



Um grupo de invasores de uma área de terra do bairro Copacabana, em Tarauacá, está neste exato momento [14:00] em frente a prefeitura do município aguardando uma solução para uma possível reintegração de posse.

Por telefone, o jornalista José Carlos disse que o prefeito da cidade, Rodrigo Damasceno (PT), ordenou que fiscais da prefeitura, com o apoio da Polícia Militar realizasse a retirada dos invasores.
Segundo o jornalista, fiscais e militares não possuíam autorização judicial para realizar a reintegração de posse, mas mesmo assim os invasores foram ameaçados de prisão caso descumprisse a determinação do prefeito.

Revoltados, um grupo de posseiros seguiram em passeata até a frente da prefeitura e realizaram um protesto exigindo o direito a terra. Damasceno determinou que uma comissão fosse criada para atender os manifestantes. Neste momento Rodrigo Damasceno está reunido com a comissão enquanto o restante dos manifestantes aguardam uma decisão e ameaçam invadir a prefeitura xaso o prefeito não volte atrás de sua decisão de expulsá-los do terreno.

Imprensa é impedida de acompanhar reunião
Ainda de acordo com José Carlos, por determinação do prefeito a imprensa local foi impedida de acompanhar a reunião. O jornalista relatou que policiais militares e seguranças do Executivo municipal barraram a entrada dos profissionais de imprensa.

“É um absurdo que profissionais de imprensa tenha seus direitos desrespeitados e sejam impedidos de registrar a reunião. O que é que o senhor prefeito Rodrigo Damasceno tem a esconder do restante da população? Esse é o jeito petista de conduzir o executivo de Tarauacá”, disse José Carlos.
FONTE: http://www.ac24horas.com/2013/08/07/sem-terras-ameacam-invadir-prefeitura-de-tarauaca/